Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

NLX: Xpeng P7 é destaque do mês no índice com crescimento de 26.78% nas entregas

Somadas, entregas de NIO, Lixiang e Xpeng caíram 6%, entre as razões figura a volatilidade no fornecimento de semicondutores

Por |
Em maio o sedã elétrico Xpeng P7 atingiu o maior volume de entregas do modelo em 2021: 3.797 unidades – Foto: Divulgação Xpeng

NLX é índice criado por Zev.News para analisar as entregas mensais de três das principais startups de mobilidade elétrica: NIO, Lixiang e Xpeng.

O critério para escolha combinou volumes de entregas, listagem nas bolsas americanas, planos e potencial para expansão internacional.

Mês a mês as principais variações são destacadas a fim de apontar possíveis tendências no mercado de mobilidade elétrica – na China e fora dela.

NLX Maio: queda de 6%

Somados os veículos entregues por NIO, Lixiang e Xpeng, p total em maio de 2021 foi 16.720 unidades. Queda de 6% comparado às entregas do mês anterior: 17.788 unidades.

NIO

NIO apresentou queda de 5.51%. Em maio de 2021 foram entregues 6.711 unidades. Versus 7.102 no mês anterior.

Entre os modelos NIO, percentualmente, a queda mais acentuada se deu com o SUV ES8: de 1.523 para 1.412 unidades. Menos 111 veículos (-7.29%).

A redução no EC6 foi -5.55%. Foram 2.282 unidades entregues em maio, contra 2.416 em abril - menos 134 veículos. O ES6 apresentou a menor queda percentual: -4.62%. Com 3.017 unidades entregues em maio e 3.163 entregues em abril. Redução de 146 unidades.

NIO atribuiu a queda à volatilidade no fornecimento de semicondutores, e a ajustes logísticos. Porém, reiterou a meta de entregar entre 21 e 22 mil veículos no segundo trimestre. Para isso precisará entregar em junho pelo menos 7.187 veículos.

O recorde de entregas da startup veio em março de 2021: 7.257 unidades. Porém, este ano à exceção de maio e fevereiro, NIO manteve o patamar de entregas acima das 7 mil unidades.

Lixiang

Na apanhado individual das startups, a maior queda aconteceu com Lixiang: -21.95%. Em maio de 2021 foram entregues 4.323 unidades do SUV One (único modelo em produção), ante 5.539 entregues em abril. Redução de 1.216 unidades.

Embora confiante quanto aos resultados para o segundo trimestre, Yanan Shen, presidente e cofundador da Lixinag, afirmou que a escassez de semicondutores ainda gera incertezas.

Xpeng

No índice NLX de maio, Xpeng foi a única a apresentar aumento mensal nas entregas: 10.47%. A startup entregou 5.686 veículos em maio e 5.147 veículos em abril. Porém, ao observar o papel de cada um dos dois modelos em produção, surgem impactos bastante diferentes:

O sedã P7 cresceu 802 unidades (3.797 em maio contra 2.995 em abril). Salto de 26.78%. Já o SUV G3 caiu 12.22%. Com 1.889 entregues em maio, versus 2.152 unidades em abril (menos -263 unidades).

De acordo com Xpeng, o crescimento de entregas do sedã P7 deve-se em boa medida ao assistente de direção Xpilot e o sistema de navegação NGP. O lançamento do P7 wing edition e a introdução das baterias lítio ferro fosfato (nos modelos P7 e G3) também contribuíram para o aumento.

Panorama NLX 2021

De janeiro à maio de 2021, as três startups somadas entregaram 80.487 veículos. NIO é responsável pelo maior volume: 33.873 unidades (42.09% das entregas). Xpeng ocupa a 2ª posição com 24.173 veículos entregues no período (30.03%). E Lixiang 22.441 unidades (27.88%).

Embora ocupe a lanterna entre as três startups, Lixiang lidera o ranking de modelos: 22.441 SUV One entregues – equivalente a 27.88% do total. Seguido por Xpeng P7 (14.766 unidades = 18.35%), NIO ES6 (14.268 = 17.73%), NIO EC6 (12.154 unidades = 15.10%), Xpeng G3 (9.407 unidades = 11.69%) e NIO:ES8 (7.451 unidades = 9.26%).

TÓPICOS RELACIONADOS

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS